Meu bem.

Adriele E. da Silva

Fonte: Chuva de meninices

Não, isso não é um post normal. Não, isso não é mais um texto de amor idealizado. Não, isso não é um texto sobre fins ou começos. E não, isso não é um pedido de desculpas. É um texto sobre um sentimento maior que o amor dos livros e filmes. É um desabafo, mas não para vocês, nem para mim. É só algo que meu coração precisava falar antes que todas essas palavras perdessem o sentido, antes que ações tomassem seu lugar.

Meu bem.

Tudo que vou dizer agora, pode ser entendido como um clichê e talvez seja mesmo, afinal o amor é uma daquelas coisas cafonas que não sentimos vergonha, como decoração de Natal e Carnaval, pois o que faz desses momentos e do próprio amor algo tão especial é a cafonice verdadeira. Então, lá vai…

Você é uma das pessoas mais importantes da minha vida, não, não A MAIS importante, pois você me ensinou a valorizar todas as pessoas que realmente importam pra mim e dar para cada uma seu devido valor e espaço no meu coração. Pois é, você nunca quis meu coração todo para você e isso nunca foi algo ruim, pois me ensinou que existem muitos tipos de amor e que todos eles devem ser sentidos.

Você tem um abraço que faz eu me sentir protegida, amada, carinhada e especial. Um abraço que me fez entender o quanto esse gesto não é só um aperto que me deixava sem ar, um abraço que me fez abraçar mais as pessoas, mesmo que ainda me sinta um pouco claustrofóbica e desconfortável.

Você tem lindos olhos verdes que às vezes são azuis e outras vezes cinza. Olhos que mudam de cor, mas que não mudam de verdade, “é só a luz”. Olhos que não mudam de verdade, porque são sempre os mesmos olhos que me prendem, tiram o meu ar e fazem eu te amar mais cada vez que olho para eles. Olhos que me fizeram querer olhar mais nos olhos das pessoas, pois percebi o quanto isso é importante, não apenas algo intimidador. Olhos que me fizeram entender a importância de apreciar as coisas mais simples e bobas da vida, como um pássaro voando, um carro bonito passando, uma pessoa andando apressada na rua ou um grafite empoderador e revolucionário na parede. Seus lindos olhos que mudam de cor me fizeram ver a beleza da vida, mesmo nos dias em que menos quero olhar pra fora dos meus problemas, pois me mostrou que existe um mundo fora de tudo isso que deve ser admirado.

Você tem uma boca linda que fica na altura dos meus olhos, facilitando uma das visões mais lindas que tenho. Uma boca que mesmo ressecada, machucada ou falando besteira, me faz querer passar horas conversando, não apenas para admirá-la, mas para ver, ouvir e sentir tudo que fala, pois consegue falar coisas incríveis, lindas, sinceras, bobas, tristes e felizes de um jeito que só você faz. Uma boca que amo beijar e morder, mas que amo mais ainda quando diz que me ama, que me acha linda, que sou seu bem.

Você conseguiu me mudar, como muita gente diz, mas não do jeito que elas soam quando dizem isso. Você conseguiu me mudar, fazendo eu perceber que vale a pena viver, mesmo que seja pra dizer que não vale a pena. Você conseguiu fazer coisas que ninguém nunca conseguiu a minha vida inteira. Você fez eu me sentir amada de verdade, de uma forma sincera, sem querer nada em troca, amando todos os meus defeitos, mas sempre tentando me fazer melhorar, mas não por você, por mim.

Foi com você que aprendi a deixar meus sentimentos viverem e não só os bons. Graças à você, eu consigo sorrir muito mais e sem vergonha de parecer boba, eu dou gargalhadas altas sem me preocupar com o que vão pensar de mim, eu choro sem ter medo de ser julgada e peço abraços sem medo de acharem que sou uma “menininha carente”, porque sei que isso não é um problema.

E o melhor, você fez tudo isso sem esperar algo em troca, sem esperar receber os créditos por isso, pois no final das contas eu não fiz isso por você, fiz por mim. Porque você me mostrou que posso ser feliz de verdade e que posso fazer isso por mim.

Eu amo tudo que me ensinou e tudo que faz eu sentir, mas principalmente, eu amo te amar, porque sei que esse sentimento deixou de ser só algo superficial e perfeito. Pois com tudo que acontece, eu continuo te amando cada dia mais. E não, não vou listar os defeitos, os problemas, as dúvidas, pois eu sei que elas existem, você sabe que elas existem e nós dois sabemos que nosso amor é muito maior que tudo isso.

Então só quero dizer… Eu te amo, meu bem.

–> Leia esse texto aqui: VOCÊ MUDOU A MINHA VIDA

–> E ouça essa música aqui: Dengo

Anúncios

Ser negra

Potira Caruana

Desde pequena, minha mãe sempre trabalhou comigo a questão de ser uma menina negra em uma sociedade racista, mas ainda sim achava meu cabelo armado demais, sem cachos tão bonitos, meus lábios grandes e meu nariz largo. Com o tempo deixei o relaxamento dos cabelos de lado e passei a usar tranças para que meu cabelo voltasse ao natural, mas ainda assim toda vez que soltava-as não sabia como lidar com ele e por isso me escondi atrás delas por 4 anos, afinal quase parecia uma cabelo liso, eu podia fazer penteados, ficava pra baixo, caia no meu rosto e eu podia até ter uma franja. Na minha formatura do ensino médio eu resolvi me rebelar, fui ao cabeleireiro que deixou o meu cabelo cacheadamente incrível, todos me elogiaram e eu me senti uma princesa de verdade.
Com uma participação mais forte dentro do movimento negro, comecei a amar cada vez mais o volume do meu cabelo, o tamanho dos meu lábios e a largura do meu nariz, a conhecer a minha história e ter orgulho de ser negra!
Sempre que escuto alguma amiga elogiar minha beleza, meu cabelo ou minha boca penso em como eu já sofri por conta deles, de como tive q conquistar uma auto estima que ainda vejo ser algo frágil em mim.
Todas querem ter minha boca, mas não querem sofrer com o genocídio da juventude negra.
Todas querem ter o meu quadril, mas não querem sofrer a violência obstétrica no qual as mulheres negras passam.
Todas amam meu cabelo, mas não querem deixar de arrumar emprego porque o cabelo crespo não é aceito nas empresas.
Ser uma mulher negra é sofrer por diversas violências, sofrer a desigualdade na pele e ainda assim ter q ser forte e colocar seu turbante pra indicar sua resistência.
20 de novembro é dia pra celebrar diversas mulheres negras como Dandara, que foi uma guerreira e lutou para libertar o povo da escravidão.
Ser mulher negra é ir além dos esteriótipos e hipersexualização. É mostrar que pode ser uma bela passista, mas que pode ser uma excelente médica, ser uma incrível cientista, uma engenheira renomada, ser o que quiser ser.

Instagram: @potiracaruana


E siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  Pinterest  | We Heart it 

Porque você é o melhor…

Adriele E. da Silva

Você sempre vai achar que é menos do que eu mereço ou outras coisas do mesmo tipo e eu quero te dizer que não. Você é mais do que eu mereço e é tudo que eu preciso. Eu sei que às vezes pensamos que não somos suficientes para as pessoas que amamos, mas isso não é verdade, afinal se elas nos amam é porque somos sim suficiente. E com você isso não é diferente, você é o suficiente pra mim e é tudo que eu quero e vou te falar o porquê. Porque você é o melhor pra mim…

O melhor em estar ao meu lado, quando ninguém mais está;
O melhor em dizer as coisas certas em todos os momentos;
O melhor em fazer eu acreditar em mim mesma, sempre que preciso;
O melhor em me fazer sorrir e ver que vale a pena sim viver;
Você é o melhor em me fazer perceber o quanto a vida é linda, mesmo com todas as coisas ruins e é o melhor em me fazer entender que essas ruins vão passar;
Você é o melhor em fazer com que eu queira ser uma pessoa melhor, em todos os sentidos;
Você é o melhor em me fazer pensar em uma única pessoa a maior parte do meu dia;
Você é quem tem o melhor abraço, o melhor cafuné e as melhores palavras de conforto, tudo que preciso quando estou mal;
Você que tem o melhor sorriso que faz com que eu sonhe acordada, desejando ser o motivo dele;
Você é quem tem o melhor lugar do mundo pra mim, aquele em que existe apenas nós dois, acima de todos os problemas e de todas as pessoas que tentam nos separar;
Você tem o melhor olhar, porque são seus olhos que fazem meu coração acelerar um pouco todos os dias;
Você é o melhor amigo que eu poderia desejar ter, porque você é companheiro, sincero e fiel;
Você é o melhor em não desistir de mim, até mesmo nos momentos em que até eu já desisti;
Você é o melhor em fazer eu me sentir amada, porque foi com você que eu realmente aprendi como é se sentir assim;
Você é o melhor namorado do mundo, porque mesmo com todos os problemas do mundo, eu sei que sempre vou ter você.
E eu quero que você saiba que também vai me ter sempre e que eu quero, todos os dias, mostrar o quanto você é especial e importante pra mim, o quanto você é o melhor namorado do mundo todo, mesmo nos momentos em que eu disser o contrário.

Te amo!

Post Surpresa: Tenham todos um Feliz Natal!!

Adriele E. da Silva

happy

Oi gente!! Noooite feliz, nooooite feliz! Diferente dos outros dias, resolvi trazer três posts dessa vez, com esse post surpresa com um textinho de feliz Natal entre os dias 24 e 25. Por que? É uma forma de agradecer à todos vocês por terem acompanhado os posts desse mês e de todos os meses do ano e porque é sempre bom desejar feliz Natal para as pessoas que são importantes pra gente e sim, vocês são muito importantes pra mim, mesmo eu não conhecendo vocês e suas histórias, sei que já fazem parte da minha e me dão mais força de vontade para continuar postando e realizando esse sonho.

Então desejo que todos vocês tenham um excelente Natal e aproveitem muito cada segundo desse feriado, mesmo caindo em um domingo. Hahahahaha Porque o importante não é o feriado em si ou os presentes caros, mas sim o seu verdadeiro significado, o nascimento de alguém tão importante a ponto de marcar toda a história da humanidade. O importante desse dia é aproveitar ao lado das pessoas que ama, dividindo momentos, carinhos e todas as coisas que gostam de fazer juntos. E claro, comer várias comidinhas gostosas feitas com muito amor e tempero. Hahahahaha

A equipe do Living for Harry deseja à todos um Feliz Natal e muuuuita paz.

natal

Beijos Mágicos!!

                                                                                                                                    

Especial de Natal: Dia 1 | Dia 2 | Dia 3 | Dia 4 | Dia 5 | Dia 6 | Dia 7 | Dia 8 | Dia 9 | Dia 10 | Dia 11 | Dia 12 | Dia 13 | Dia 14 | Dia 15 | Dia 16 | Dia 17 | Dia 18 | Dia 19 | Dia 20

E siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  We Heart it  | Pinterest

1 mês…

Adriele E. da Silva

love

4 semanas. 30 dias. 720 horas. E mal parece que passaram segundos.

1 mês é o suficiente para muitas muitas coisas acontecerem. Para muitos inícios e fins. Para mudanças esperadas ou não. Para mim foi o fim de um período muito difícil e o início de algo que me trouxe muita alegria.
Não parece que 30 dias já se passaram e ao mesmo tempo parece que passou uma eternidade. Pois o tempo já não tem mais o mesmo valor, ele não é mais expressado em horas, minutos ou segundos, mas sim em momentos, lembranças, risadas, abraços e beijos. Agora ele é contado em “mcv” (Momentos Com Você) e isso me fez perceber o quanto cada segundo é importante e valioso.
1 mês acordando e indo dormir pensando em você, trocando mensagens, sonhos e ideias. 1 mês de uma felicidade que nunca senti, de sorrisos bobos para o celular e de um sentimento que me enche de bons pensamentos.
1 mês foi o suficiente para você me fazer querer mudar, o suficiente para meus amigos perceberem o quanto mudei e o quanto estou mais feliz, o suficiente para eu valorizar ainda mais uma beleza que já vinha descobrindo, mas de forma muito tímida, para perceber que até um dia ruim, pode ser um dia lindo. 1 mês foi o suficiente para me fazer mais feliz, me fazer sentir coisas que nunca senti antes. Foi o suficiente para eu entender o verdadeiro significado de amar.

P.S.: Esse um mês também foi o suficiente para perceber que você é o homem da minha vida.

♥ Te amo! ♥

Deixa ser
Deixa nascer
Deixa a roda girar
Seja por amor
Na alegria
Na tristeza
Vou contigo ser seu par!

– Teatro Mágico

                                                                                                                                                     

Para ler mais textos, clique aqui.

Siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  We Heart it  | Pinterest

BEDA #31 – Encerramento do BEDA

Adriele E. da Silva

TROPICAL

Oi gente! Depois de longos e rápidos 31 dias, estamos no último post do BEDA. Pensei em fazer um post mais tradicional, falar sobre todo o processo ou fazer uma lista com os posts que mais gostei ou talvez algum conteúdo mais focado no tema do blog, mas decidi fazer algo um pouco diferente, escrever esse texto que tem um pouco a ver com tudo que rolou nesse mês maluquinho.

Teria sido muito legal fazer um “Por trás do teclado”, mostrando um pouco do passo-a-passo do processo de criação dos posts, mas quase não tive tempo nem mesmo pra montar os posts. Desde que as aulas voltaram, a faculdade tem ocupado um pedaço muito grande do meu tempo e tirado grande parte da minha energia, mas acho que exatamente por isso estou tão orgulhosa do meu trabalho. Consegui liberar todos os posts, consegui criar temas diversos e manter alguns posts comuns do blog. Tive alguns problemas com as fotos, mas no final deu tudo certo. Consegui falar de temas que gosto, que tem a ver com o blog e, principalmente, com vocês. Consegui mostrar coisas novas, como séries, livros, filmes e outras coisas que de algum jeito me marcaram e que eu tive vontade de compartilhar com vocês.

Com o BEDA, consegui também fazer coisas que queria ter feito há muito tempo, postei algumas resenhas atrasadas, falei de livros que amo e montei a sonhada playlist com músicas de séries. E mais importante ainda, me diverti muito e aprendi um pouco mais sobre o blog, sobre o público, sobre o que quero ou não postar por aqui, sobre me organizar melhor e a aprendizagem mais importante de todas: Se eu me entregar de verdade, eu tenho a capacidade de realizar os projetos que quero, mesmo sendo meio maluquinhos. E vou levar tudo isso pra vida toda, principalmente aqui pro blog com muitos mais projetos!

Mas nada disse seria possível sem a ajuda da Larissa que me ajudou bastante com a organização, participação em alguns posts e sendo responsável pela segunda semana do mês, a semana dos Romances Históricos. Juntas, nós falamos sobre nossos vícios e algo que amamos muito: SÉRIES! E ter essa ajuda foi muito importante e especial pra mim, até porque tudo ficou muito mais divertido tendo minha melhor amiga ao meu lado, principalmente me cobrando quando a preguiça queria dominar. Então, antes de terminar esse texto, preciso agradecer a você, Larissa, por ter me ajudado desde antes de Agosto, por todos os emails, por todas as conversas, por toda risadas e por todo o apoio. Você tornou essa missão quase impossível em algo possível e ainda mais incrível do que eu imaginava.

Muito obrigada!

E pra terminar, é claro, não poderia deixar de agradecer a todos os leitores do blog, a todos que curtiram as publicações, acompanharam as redes sociais, quero agradecer a todos os comentários, principalmente os da Natália do blog Only Secret Dreams que acompanhou o BEDA de pertinho e estava sempre comentando. Agradecer aos meus amigos (Joel, Gabriela e Pedro) que compartilharam os posts, ajudaram com ideias e outras coisas, muito obrigada por aguentarem a correria e loucura. Quero agradecer de forma muito especial ao Akira que me suportou surtando, aguentou ser ignorado por até horas pra eu poder montar os posts, aguentou minhas reclamações e ficou do meu lado o tempo todo e me ajudou muito também! E muito obrigada por acompanharem e me apoiarem, porque faço isso, não só por mim, mas por e pra vocês! Então continuem acompanhando o blog e ajudando esse meu pequeno sonho! Se quiserem ajudar mais e me deixar ainda mais agradecida e feliz, divulguem o blog e siga o blog em todas as redes sociais que estão no final do post! Até o próximo post e se preparem para muitas coisas novas e quem sabe um próximo BEDA em 2017!

Beijos Mágicos!

logo-BEDA-4

                                                                                                                                                  

Posts do BEDA: Apresentação | #2 | #3 | #4 |#5 |#6 |#7 |#8 |#9 | #10 |#11 |#12 |#13 |#14 |#15 |#16 |#17 |#18 | #19 | #20 | #21 | #22 | #23 | #24 | #25 |#26 |#27 | #28 | #29 | #30

E siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  We Heart it  | Pinterest

Vamos falar sobre diversidade?

Adriele E. da Silva

VAMOS FALAR SOBRE

DIVERSIDADE: Qualidade daquilo que é diverso, diferente, variado; variedade. Conjunto variado; multiplicidade.

falar sobre diversidade

Todos somos diferentes. Uns tem olhos claros, outros tem olhos escuros. Uns gostam de rock, outros de pagode. Uns preferem chocolate amargo, outros preferem chocolate branco. Uns nascem brancos, outros nascem negros. Uns nascem homossexuais, outros nascem héteros. As mudanças podem ser pequenas, mas também podem ser grandes, só que mesmo com todas essas diferenças em tantas coisas, temos algo em comum: somos todos seres humanos. Então pra que tratar mal? Pra que ser cruel ou frio? Pra que diminuir e tirar os direitos de outra pessoa, como se não merecesse tudo que você tem? Por que sentir tanto medo?
Ser diferente não é ruim, ser diferente é algo especial e natural da vida. Ninguém é igual a ninguém. E não temos que nos envergonhar disso, muito pelo contrário, temos que nos orgulhar de sermos quem somos.
Então vamos falar sobre diversidade? Não importa qual, não importa se é diversidade cultural, social ou biológica. Diversidade é diversidade e é algo que não pode ser motivo de julgamento ou de tirar ou dar direitos.
Desde os tempos mais antigos, as pessoas julgam umas as outras pelos mais diversos motivos, desde a cor da pele, língua que fala ou pelos costumes e tudo isso é muito ridículo. Com o passar do tempo, as pessoas mudam, os costumes mudam, mas uma coisa é certa, alguém será julgado por algum motivo que, olha só, também muda. O ser humano tem medo do diferente, por não saber lidar com algo que não seja de seu total conhecimento e dependendo de onde e quando está, esse desconhecimento é diferente e por isso as pessoas são julgados por tantos motivos. Mas temos que aprender a lidar com o desconhecido, porque ele não significa necessariamente que é pior ou muito menos perigoso.
Então vamos deixar de lado o medo, o ódio e o preconceito e nos unirmos pelas igualdades e diferenças. Vamos dançar todos os tipos de músicas, apoiar todas as escolhas e todas as coisas que não escolhemos. Não importa como é seu cabelo, a cor dos seus olhos ou da sua pele, não importa quem você ama, tudo que importa é que vou te respeitar e me esforçar ao máximo para te ajudar e entender, e tudo que pesso em troca, é mutualidade e compreensão. Pois esse mundo tem espaço suficiente para todos nós e nossa diversidade que no final das contas, é o que torna o mundo tão belo.

Beijos Mágicos!!

                                                                                                                                                     

Para ler mais textos, clique aqui.

Siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  We Heart it  | Pinterest