BEDA #5 – A Pequena Livraria dos Corações Solitários

Larissa Leite


Puxa, que dia lindamente nebuloso para falar sobre livros… venham, venham! Peguem vossas xícaras de chá e pãozinho com Nutella porque agora eu vou contar uma historinha para vocês.

Era uma vez, um livro chamado A Pequena Livraria dos Corações Solitários. Bem, já considero o livro como bom porque, bem, tem uma livraria nele!

Tudo começa com o Posy Morland que herda a livraria Bookends, da falecida Lavinia. Posy cresceu na Bookends e já leu todo e qualquer livro de romance que já existiu, mas agora, precisa deixar a fantasia de lado e aprender a administrar a livraria antes que ela venha a falência (que frase pesada, cara).

E lógico que, em todo romance, temos um boy. Sebastian, neto de Lavinia, vai fazer de tudo para trazer a Bookends de volta para o nome da família.

Sabe o que eu gosto em livrarias? Além dos livros, óbvio, a diversidade de pessoas que passam por lá, seja de idade, nacionalidade ou preferência sexual. E a Pequena Livraria dos Corações Solitários mostra exatamente isso, com seus personagens extremamente excêntricos e diferentes uns dos outros.

Esse livro também é ótimo para referências literárias pois, são tantos livros citados em um só capítulo que tive que ir no Google dar uma olhada em algum títulos…

Mas nessa vida, não são apenas rosas, também tem galhos secos e folhas mortas. Ou seja, tem pontos negativos e nesse caso, o ponto é a Posy. Apesar de ser uma personagem fora dos padrões, ela é extremamente dependente dos outros, seja dos pais, da Lavinia ou dos funcionários da livraria. Se a Posy existisse, eu total bateria a cara dela na parede e gritaria "acorda pra vida, você tem 30 anos!". Mas, me contentei em apenas virar os olhos mesmo.

Sei que nunca falo isso, mas dessa vez, não me contentei. Vamos falar sobre essa capa fofa. Desenhei essa capa em um dos desafios da MLI e fui obrigada a reparar o quanto de detalhes essa capa possui. Cada flor, cada livro, cada cor das pedras no chão… Parabéns equipe que fez essa capa clap clap.

Se você prefere uma leitura tranquila, leve, sem muito drama ou ação… Esse livro é o seu tipo de leitura. A boa notícia: é um livro curto. A má noticia: é o primeiro livro de uma série… E nem todos foram traduzidos #chorosa.

Beijos na bunchecha!!


E siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  Pinterest  | We Heart it 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s