BEDA #11 – Lucinda Riley

Larissa Leite

fcapa

Bom dia, Boa tarde, Boa noite! Como vão? Estudando muito? Não, né? Tá de ressaca das férias que eu sei… Chega de conversa afiada. Vamos falar de coisa boa, vamos falar de Tec… Lucinda Riley! Vou dizer como eu defino os livros de Lucinda: Equívocos. Isso mesmo. Pra quem já leu algum livro dela, vai entender o que eu quero dizer, mas eu vou tentar explicar.

foto 1 (1)

Os livros possuem  um padrão de escrita bem semelhante, onde uma pessoa no nosso tempo, ou seja, do século vinte e um ou alguns anos antes dele,  quer investigar alguém do passado – um familiar, um amigo, etc.  Nesse momento, o enredo é dividido em duas partes: a parte do personagem contemporâneo que busca alguma verdade e flashbacks da historia de alguém do passado.

Ficou confuso? Bem, vou falar sobre um dos livros e tentar deixar mais claro essa escrita. Começando pelo último livro que eu li dessa autora diferentona: A Luz Através da Janela… Livro dado com carinho por Gabiru que se comprometeu a me dar todos os livros da Lucinda (Certo? Certo…).

foto2 (1)

Tudo começa com Emilie de la Martinieres, a única sobrevivente da linhagem de la Martinieres, que carrega o legado da família após a morte da mãe. Agora, a herdeira encontra se sozinha em sua mansão, onde passou toda a sua infância e adolescência.  Quando busca por entretenimento, Emilie acaba encontrando um caderno de poemas feitos por Sophia, sua já falecida, tia. Com a ajuda do caderno, Emilie procura entender o passado de sua família e o estranho relacionamento que seu pai, Édouard, teve com uma mulher chamada Constance durante a segunda guerra mundial.

Ao longo do livro temos flashbacks de 1943 mostrando a espiã inglesa Constance que, com a ajuda de Sophia e Édouard, sobreviveu a guerra contra os alemães. Essa é a melhor explicação do livro que eu posso fazer, mais do que isso já transforma o post em um spoiler ambulante.

Diferente dos outros livros de época que foram citados nessa semana, os livros da Lucinda não estão voltados para o romance entre dois personagens ou cenas engraçadas da alta sociedade. Suas historias são voltadas para o conhecimento do passado e a busca do personagem pelo perdão, seja perdoar alguém ou perdoar por alguém. Não sei se vocês sentem o mesmo, mas quando eu leio um livro voltado para os tempos de guerra, fico tensa durante a leitura, não rola nem pausa para o banheiro. Será que ele vai morrer? Vão encontrar o esconderijo dos ingleses? Por que eles não fogem?

Mas quando li A Luz Através da Janela, percebi que, por mais que a guerra esteja presente no livro, não vai ser o enredo do passado que vai te prender e sim o do futuro, o que vai acontecer agora que Emilie está sozinha? E assim acontece com os outros livros de Lucinda, como A Rosa da Meia Noite, uma das minhas leituras favoritas de 2015. Não dormi até terminar esse livro. Sério, ele literalmente te prende.

foto 3 (2)

Minha próxima leitura da Lucinda ? Acredito que será As Sete Irmãs, livro o qual eu não tenho ( fica ai a dica mais uma vez) mas gostaria de ler, principalmente porque a historia se passa no Brasil. Se alguém aí já leu esse livro, eu os questiono: o livro é bom ? faz você não querer dormir enquanto não terminar ? quer me emprestar ? prometo cuidar com carinho…

Bem, isso é tudo pessoal. Espero que vocês tenham gostado o suficiente para querer conhecer essa autora que vem conquistando um lugar na minha prateleira do amor.

Beijo na bunchecha.

Nota da Adri: Esse post é patrocinado por…

poste-gabi

POSTE DA GABI!

logo-BEDA-4

                                                                                                                  

Posts do BEDA: Apresentação | #2 | #3 | #4 | #5 | #6 | #7 | #8 | #9 | #10

Siga o blog nas redes sociais: Twitter  |  Facebook  |  Instagram  |  Skoob  |  We Heart it  | Pinterest

Anúncios

3 comentários sobre “BEDA #11 – Lucinda Riley

  1. Olá! Sou fãzona aqui do blog e queria dizer que amei esse POSTE! Essa Gabi parece sensacional mesmo, dando livros assim de presente pra amiga. Esses livros parecem muito legais, assim que possível os lerei, com certeza!
    Um beijo no coração de vocês três! (Dri, Lari e Gabi, a mais legal, claro) :*

    • Oi Zeus !
      Que bom que amou o meu Poste!
      E realmente, a Gabriela é fod..top
      eu vou apresentar você pra ela um dia desses
      Aposto que vão se dar super bem, principalmente se não gostar de bacon e de achocolatado na mesa…
      E esses livros são muito legais ! Não vejo a hora da Gabi me dar o resto 😀
      Um beijão da Lari

      PS: se acha a Gabi sensacional, é porque ainda não me conhece direito 😛

      • Nossa, essa Gabi ta parecendo muito fresca! Quem não gosta de bacon? É o principal suprimento dos deuses!
        E quanto a você, Lari, também é sensacional! Leio todos os seus postEs e adoro-os! Além dos da dona do blog, é claro 😊😊
        Beijo no core!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s